18.12.05

Literatura light: Talleyrand.

Alguém que conseguiu servir Luis XVI, Napoleão I, Luis XVIII e Luis-Filipe, com um brio sempre indiferente às convulsões da história francesa, só pode ser uma pessoa interessante. Talleyrand era um ateu a quem nomearam bispo, um aristocrata que apoiou a revolução, um deficiente com sucesso entre as mulheres, um homem que só podia ser feliz em França, mas viveu na Inglaterra e nos Estados Unidos. Até hoje é considerado um dos mais lendários diplomatas de que há memória. Teve além disso um outro mérito a meus olhos: opôs-se a Napoleão quando este tomou a Républica de Veneza.