22.12.05

O fascinante Bento XVI.

Primeiro, foram os sapatos vermelhos Prada. Agora o camauro, um gorro de veludo e arminho (espero que seja arminho) usado por Júlio II e muito em voga durante todo o renascimento. Bento XVI parece querer chocar o bom povo cristão com o seu refinado gosto burguês. As escolhas do Papa serão, para um católico, lamentáveis exemplos da vaidade terrena? Talvez. Eu prefiro considerá-las reveladoras da sua ideia de tempo. Ratzinger atravessou cinco séculos em duas peças de roupa. O que é isso, para quem pensa na eternidade?

3 Comments:

Blogger Ideiafixe said...

Um Santo Natal e os Votos de um Ano de 2006 Muito Muito Muito Feliz!!!!

4:38 da tarde  
Blogger Luis M. Jorge said...

Para si também, Fixe.

6:30 da tarde  
Anonymous luikki said...

como as finanças do vaticano andam mal este senhor anda a ver se arranja um emprego na coca-cola......

votos de boas-festas!

7:47 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home