3.4.06

Because it is bitter, and because it is my heart.

Gosto muito deste título da Joyce Carol Oates, mas sempre calculei que não lhe pertencesse. Imaginava que tivesse origem em versos de um qualquer obscuro isabelino, e só ontem me lembrei de procurar o seu autor. Em vez de um, encontrei dois. A influência mais provável é de longe a do poeta Stephen Crane, morto em 1900:

In the desert
I saw a creature, naked, bestial,
Who, squatting upon the ground,
Held his heart in his hands,
And ate of it.
I said: "Is it good, friend?"
"It is bitter - bitter," he answered;
"But I like it
Because it is bitter,
And because it is my heart."

No entanto, há um texto de G. K. Chesterton, escrito 1933, que também vale a pena recordar:

Why do we do theology? Because it is faith seeking understanding; and understanding, seeking faith. And sometimes, because it is bitter; and sometimes, because it is our heart. And perhaps the point of theology is simply to climb the ladder, until we can kick it away.

Este, que encerra obviamente uma citação do primeiro, foi publicado no livro St. Thomas Aquinas: The Dumb Ox.

5 Comments:

Blogger sabine said...

Isto anda paradito... É a primavera em flor! ;)

8:54 da tarde  
Blogger Luis M. Jorge said...

Gosta de me ver mais sanguinário, sabine?

1:08 da manhã  
Blogger _Slow_ said...

fiquei aqui parada a olhar...
o título e poema de S. Crane são impressionantes, obrigada por partilhares.

9:55 da manhã  
Blogger Luis M. Jorge said...

you are welcome.

11:03 da manhã  
Blogger sabine said...

Caro Luis: não, deixe-se estar que está bem. ;)

6:39 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home