21.5.06

Cadernos de um narrador (1): Asuza em Quioto.

Há uns tempos decidi contar uma história que quase se passou comigo em Quioto, a mais secreta cidade do Japão. Na altura já tinha este blog, e abandonei-o para iniciar aquela narrativa. No entanto, o ritmo de escrita diária que mantive enquanto alimentava o blog, dissipou-se assim que comecei a formular aquilo a que chamei, pomposamente, o meu projecto. Percebi que tinha um problema. Os comentários, os leitores, a reacção espontânea das pessoas que me liam, faziam-me falta. Era isso que, todos os dias, me encorajava a escrever. Mesmo quando os posts não eram comentados, eu sabia que alguém os tinha lido e elaborado um juizo, certamente severo, a seu respeito. Estava, como metade do país, viciado num público.

Cheio de saudades do blog, participei depois noutro projecto, que afinal não era meu. Agora voltei, e o problema também. A história de Quioto continua a atrair-me. O olhar do público, mesmo que seja um público pequeno, faz-me falta. Por isso decidi matar dois coelhos de uma cajadada: os coelhos são o blog e a novela - a cajadada, claro está, vai ser o triste destino de ambos, se esta ideia não correr bem.

A partir de hoje estou decidido a partilhar com a humanidade, ou a minúscula parte dela que tiver a paciência de me ler, todo o trabalho de construção de uma narrativa. O leitor, que eu certamente não invejo, está convidado a confirmar as suas piores suspeitas quanto às minhas misérias literárias. Estes cadernos de um narrador prometem arrastar-se penosamente, por largas semanas, senão meses, sem um rumo, sem um enredo claro, sem diálogos faiscantes, sem episódios eróticos, sem momentos dramáticos ou qualquer ponta de interesse, cumprindo assim a tradicional fatalidade do romance português contemporâneo.

Avisado que está, seja bem-vindo ao meu projecto, para o qual só tenho, por enquanto, uma ideia e um título: Azusa em Quioto.

5 Comments:

Blogger on said...

Eu vivi por lá uns anitos. Numa viela estreita ao pé da Heian Shrine. Já tens um leitor interessado.

9:01 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Eu sei on, eu sei. Já conversámos sobre isso a propósito das fotos.

Luis m. jorge

11:15 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Nice!

E já são dois leitores.

Pierre.

7:24 da tarde  
Blogger Luis M. Jorge said...

Só em comentadores já contei meia-dúzia. Se calhar vou mesmo instalar o sitemeter.

10:27 da tarde  
Anonymous Pierre said...

Ok.
Só queria dizer mais um ;-)

11:02 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home