4.9.06

Ah, a doçura irresistível da auto-flagelação.

...nunca suportei aquele estilo de quem “adora” imensas coisas, quase sempre as que já conhece e as dos amigos, e “detesta” todas as outras. "O Independente" representa bem os anos 80. E eu "detesto" os anos 80. O que não é bom, porque, segundo me dizem, é a "a minha" década. E eu acho que quase todos os meus defeitos resultam disso mesmo: também “adoro” algumas coisas (as que já conheço e as dos meus amigos) e "detesto" quase todas as outras. Também eu, ressalvadas as devidas distâncias, como “O Independente”, tendo a sacrificar um bom argumento se não me couber no estilo. E a ser leve por fastio quando sou pesado por feitio. Muito 80's, muito Indy. E não preciso de "O Independente" para me lembrar como "detesto" tudo isso em mim.
Daniel Oliveira, no Arrastão.