2.10.06

À 2ª.

A segunda volta nas eleições brasileiras é uma excelente notícia para quem se preocupa com a qualidade da democracia naquela país: Lula, se não é corrupto, está rodeado de corruptos. Não há obra social nem lágrimas derramadas sobre os pobrezinhos que justifiquem a iniquidade de um mensalão. Compreendo que os miseráveis votem nele, como compreendo que os pategos nas nossas províncias votem em Fátima Felgueiras: mas gente urbana, com leituras e princípios, devia saber mais. Os brasileiros estão a revelar uma maturidade política que parece faltar aos portugueses - ao menos eles compreendem que um bandido não é melhor nem pior por ser de esquerda.

6 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Pois... até concordava, não fosse a alternativa ser o sr Alckmin, filho de supranumerário e, ele mesmo, confesso admirador da Octopus Dei, aka Polvo de Deus, aka Opus Dei!
Stone

5:01 da tarde  
Blogger Filipe Moura said...

Meu caro, a moral burguesa não conta para nada quando se tem fome. E o Lula tirou literalmente a fome a muita gente. É fácil criticar o Brasil quando se está de fora, mas o Brasil é um país endemicamente corrupto. Se o Lula falhou foi no combate à corrupção. Mas no plano externo (e é esse que nos interessa) gostei da atitude dele. Demonstrou que há uma alternativa ao capitalismo selvagem sem precisar de ser o Chavez (que por sinal o detesta). Soube fazer do Brasil o porta voz do terceiro mundo.

5:00 da tarde  
Blogger Luis M. Jorge said...

Caro Filipe:

se incluis na "moral burguesa" a honestidade, não vejo qual seja a virtude da tua "moral revolucionária".

Quanto ao resto devolvo-te o argumento: é fácil elogiar um presidente quando se está de fora - e é exactamente por o Brasil ser um país corrupto que o Lula devia ter atacado a corrupção. Felizmente vai ser o povo, e não tu, a decidir se ele merece ser presidente.

Mas fico sempre espantado, Filipe, por neste país (refiro-me agora a Portugal) haver sempre tanta gente disposta a defender ladrões. Deve ser porque temos cá muitos proletários.

5:45 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Voltamos ao lápis azul?! Não gostaste do meu post e nada melhor que censurá-lo! A soberba continua...

6:01 da tarde  
Blogger Luis M. Jorge said...

anónimo: aqui censuro sem pudor posts desrespeitosos, principalmente de anónimos. Habitue-se.

7:02 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

E onde é que eu fui desrespeitoso? Ou será que a verdade é algo com que não está familiarizado e lá do cimo da sua soberba considera-se o único com direito a criticar?!

12:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home