22.10.06

"E se o Professor Arroja fosse levar no cú para algum rio privatizado (...)"

O homem tem sentido de humor. Mesmo que fosse o Hitler, estaria perdoado.

5 Comments:

Blogger zazie said...

Podes crer. Eu também me vendo sempre por uma boa piada.

E, sempre que me lembro daquela do muro...
eheheheh

11:43 da tarde  
Blogger zazie said...

olha, enganámo-nos. Aquilo não foi sentido de humor. Foi uma esxperiência "strauziana" para provar que os portugueses não sabem usar a liberdade

ahahaha


"Ando preocupado com o Blasfémias. Se os neocons vissem as caixas de comentários, não poderiam senão concluír: "Liberdade? Nós é que temos razão. Não se pode dar liberdade a esta gente"."

É como ir para o palco, vestir-se de palhaço, fazer facécias para o público; ampliar com megafone os palavrões que alguém disse lá no fundo da geral e depois de levar com os ovos na cara, concluir que lhe fizeram um assassinato de carácter.

2:00 da tarde  
Blogger Luis M. Jorge said...

Meu deus, zazie. Tenho de ver isso.

3:10 da tarde  
Blogger zazie said...

Pois é. Mas o problema foi nosso que não percebemos que aquilo não era para rir. Afinal ele já explicou, leva muito a sério a blogosfera e aqueles posts com os palavrões e dedicatórias aos autores fizeram parte de um "estudo" para medir a boçalidade da sociedade portuguesa que não entende o que é a liberdade.

A "sociedade"; as "forças vivas da Nação". Isto é o povo a falar e as consquências até já devem ter vindo na primeira página de todos os jornais mundiais.

Estás a ver... nada "napoleónica" esta ideia....

Esperemos, ao menos, que o estudo não tenha tido subsídios públicos. Os de uma companhia de circo eram suficientes...

3:37 da tarde  
Blogger zazie said...

Tens aqui a passagem mais brilhante do raciocínio dele:

" Veja de novo os meus dois últimos posts. Acha que é possível viver, na blogosfera ou fora dela, quando a regra de convivência é a agressão permanenente? Acha que isto é liberdade?. Repare no caramelo. Depois de me incitar a usar a liberdade, ele próprio utiliza a liberdade da única forma que ela não pode ser utilizada - como arma de agressão.
Pedro Arroja | 23.10.06 - 2:42 am | #



"viver na blogosfera" ou "fora dela".

Ora diz-me lá se és capaz de responder a esta versão straussiano-virtual de "viver num bairro fino ou nas Galinheiras".

ahahahaha

3:51 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home