28.10.06

Em Bizâncio.

O blogue do não, que se queixa com bons motivos da pura retórica deste vosso criado, dedicou não um, mas dois posts a responder ao texto anterior. Para quem me chama vazio e precisado de leituras, caros amigos, não está mal.

Há, no entanto, um esclarecimento que se impõe. Eu não vou discutir neste blog a questão do aborto, tal como nunca discutirei a questão, muito em voga na América, da legitimidade da tortura: ambos os temas pertencem a um mundo ao qual não pertenço, e em que não me reconheço.

Proibir uma mulher de abortar até às dez semanas de gestação, um periodo que eu prolongaria, parece-me um gesto tão atávico como apedrejá-la por conduzir sem burqa - não é que isso não se faça, não é que não haja até quem o defenda seriamente, aqui ou no Afeganistão. Simplesmente, eu não estou no Afeganistão.

Posso ironizar com os medievalismos dos meus compatriotas, enquanto me divertirem, mas ninguém me convence a argumentar com eles.

Quanto ao Lipovesky: li-o na altura devida, isto é, no liceu. Havia professores que, por falta de dinheiro, o adoravam. Mas não vou recomendar leituras leves ao Jorge Ferreira, pois calculo que a sua dúzia e meia lhe chegue para as convicções que tem (uma só bastaria, aliás).

Neste blog falo de coisas que me encantam. As loucuras do mundo encantam-me, mas isso não quer dizer que as leve a sério: apenas espero que passem, antes de magoarem alguém.

4 Comments:

Blogger f. said...

os srs não querem falar sozinhos, é o que é. queriam diálogo, era? ó. mas que esperavam eles da 'cultura da morte', hum? a malta é má, malvada, hediondamente perversa. e, sobretudo, arranja sempre coisas mais interessantes para fazer que épater les nons, não?

9:09 da tarde  
Blogger Luis M. Jorge said...

nem mais, f.

3:05 da manhã  
Anonymous round about said...

Quero chamar a atenção que o Sousa Tavares conseguiu bloquear o blog freedomtocopy.blogspot.com. Vergonha revoltante é a máxima censura

4:55 da tarde  
Blogger marta said...

Não posso estar mais de acordo e gostei dos seus argumentos.

6:31 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home