13.10.06

É verdade.

Estou em condições de confirmar esta intuição de Pacheco Pereira:

A lista foi entretanto corrigida, com a inclusão de Salazar, mas a ausência inicial só pode ter sido de natureza censória e não um lapso. Alguém achou que colocar lá o nome de Salazar ou podia gerar polémica, ou podia levar a uma votação incómoda na personagem, o que se entendeu que colocaria o programa em apuros.

Censória é a palavra. O nome de Salazar foi retirado por um responsável da RTP, depois de ter sido proposta a sua colocação na lista de sugestões, aliás disparatada, do programa Os Grandes Portugueses. As razões para a sua não colocação foram exactamente as que o Pacheco Pereira refere.

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

O que eu acho mais estranho é ainda ninguém ter protestado veementemente contra o que o próprio programa representa. A lista será sempre ridícula.

11:13 da tarde  
Anonymous sheesh kabob said...

A questão é que faltam referências aos portugueses, por todas as razões implicadas do regime salazarista que Portugal foi submetido durante 50 anos. Este programa bem no fundo é apenas uma forma de sondar por um lado sobre qual seria uma figura histórica para os portugueses que caracterize Portugal, e por outro ajudar (aos que precisam) de encontrar as ditas referências que todos os paises têm e precisam. Faz parte da cultura de cada país.
Tem também e primeiro que tudo uma componente didáctica e de reflexão, dando a conhecer 'ao mundo' algumas figuras que marcaram a história portuguesa (muitas das quais constam na lista desconhecia por completo por exemplo); e de seguida debatendo sobre qual a importância que cada um teve na história de Portugal e porquê a escolha desse e não de outro. É um meio de ouvir opiniões fundamentadas sobre o assunto.

9:49 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home