22.11.06

Ainda o modelo Sueco.

O liberalíssimo AA, do Arte da Fuga, também não perde a oportunidade de dar umas facadinhas no modelo sueco, provando que para as más ideias, em Portugal, nunca faltam os entusiastas. Chamou-me a atenção a frase com que ele termina o seu bem comportado post:

In 2011 Singapore´s GDP per capita (PPP) will be higher than Sweden´s, if present trends continue.

2011? Ó António, mas então isso quer dizer que, com uma economia desregulamentada, impostos baixos, tribunais controlados pelo governo, jornalistas obedientes e uma completa ausência de direitos sociais, ainda faltam cinco anos para Singapura atingir a decadente, a imobilista, a débil economia sueca, a tal que está em declínio há cinquenta anos? Mas o que é que se passa? Será que nem uma ditadura põe aquela gente a trabalhar?

4 Comments:

Blogger João Pinto e Castro said...

Sem falar de que Singapura não é um país, é uma cidade que há umas décadas declarou a independência em relação ao país em que estava integrada.

Se Lisboa seguisse o exemplo, passaria imediatamente a ser um dos países mais desenvolvidos da Europa.

Logo, a comparação relevante deverá ser entre Singapura e Estocolmo.

11:19 da tarde  
Blogger Luis M. Jorge said...

Bem lembrado. E estão a comparar em paridade de poder de compra, o que é logo um pouco suspeito: em valores absolutos Singapura não chega lá nem daqui a vinte anos.

9:06 da manhã  
Blogger Lutz said...

Pois, o entusiasmo dos "liberais" por Singapore diz muito sobre o que entendem como liberal.

1:03 da tarde  
Blogger Joao Galamba said...

Nao se esqueçam que para alguns liberais existe a possibilidade da tirania da lei, sem democracia, ser sinónimo de paraiso na terra

3:56 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home