27.11.06

A Norma de Bellini.

Cocteau, Duras ou Warhol fizeram bom ou mau cinema? A pergunta é frívola, na minha opinião. Para quem assiste aos seus filmes, o principal é tentar descobrir de que modo a visão do mundo que manifestaram noutras artes sobreviveu ao grande ecrã. Hoje o Diário de Notícias, falando a respeito da morte de Mário Cesariny, recorda-nos que em 2005 um júri do Instituto de Cinema, Audiovisual e Multimédia se recusou a apoiar a produção de A Norma de Bellini, um argumento da autoria do poeta a realizar por Miguel Gonçalves Mendes. Não sei se seria um bom ou um mau filme, nem julgo que a questão fosse importante: considero imperdoável que um comité de burocratas nos tenha interditado o acesso à derradeira visão de um artista singular.