5.11.06

Pequeno insight sobre o nosso "Estado de direito".

Afirma Medeiros Ferreira no Bichos Carpinteiros:

Quando Saddam Hussein foi feito prisioneiro concebi que, com essa operação, ele ficaria cativo e em segurança para uma eventual negociação política sobre o futuro de um Iraque a ferro e fogo. De contrário não se percebia porque não fora abatido no meio da busca e da confusão.

É evidente: sem uma negociata qualquer, mais valia que Saddam tivesse sido despachado, sem direito a julgamento, assim que o encontrassem.

Ah, o velho PS...

2 Comments:

Blogger Lutz said...

Realpolitik.

10:15 da tarde  
Blogger Luis M. Jorge said...

Talvez. Mas ele não é propriamente um Metternich, Lutz.

11:54 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home